Mande whats

(95) 99112-7188
user 813588368A deputada Catarina Guerra também contemplou com indicações as áreas de educação e ação social para Normandia e Caracaraí / Foto: Diego Dantas /
Na sessão desta quarta-feira, 7, da ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), foram lidas 15 indicações de autoria da deputada Catarina Guerra (SD), a maioria atendendo demandas da saúde pública dos municípios de Rorainópolis e Caracaraí, além da capital, Boa Vista. Área social e educação também são áreas contempladas nessas indicações.

Na Indicação nº 293/2021, a deputada Catarina Guerra solicitou ao chefe do Executivo a regularização no abastecimento do medicamento relaxante muscular esquelética Rocurônio Excencial ou Atracúrio, essenciais para os pacientes com covid-19 internados no HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento).

Segundo a parlamentar, parentes de pacientes internados no HGR relatam a falta desses medicamentos, que fazem parte do chamado kit de intubação e são indicados para serem usados juntamente com a anestesia geral para facilitar a intubação traqueal em procedimentos de rotina e indução de sequência rápida de anestesia, bem como para relaxar a musculatura esquelética durante as intervenções cirúrgicas, neutralizando os movimentos respiratórios.

"Em razão do aumentos dos casos de pacientes internados com covid-19 no hospital,  o uso destes medicamentos tem aumentado bastante nos quadros em que se necessita realizar a intubação dos pacientes, o que vem ocasionando sua falta. A interrupção do fornecimento desses medicamentos é extremamente danosa aos pacientes que se encontram em tratamento e causa regressão nos avanços alcançados", alertou.

Na Indicação nº 325/2021, Catarina Guerra sugeriu ao Executivo a instituição, regulamentando, criação e uso de carteira de identificação funcional para os servidores do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima).

Rorainópolis

Para o município de Rorainópolis, a parlamentar solicitou do Executivo o restabelecimento do fornecimento do medicamento ocitocina, ao Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto (Indicação nº 298/2021). Conforme a parlamentar, o medicamento está em falta no hospital, obrigando as gestantes da região a serem encaminhadas para a Maternidade, localizada na capital.

"A ocitocina é um medicamento importantíssimo e não pode faltar no hospital, pois é utilizada para auxiliar a indução do trabalho de parto quando este não aconteceu no tempo previsto, fazendo com que o útero se contraia com maior frequência e força. Desta forma, a interrupção no fornecimento desse medicamento é extremamente danosa às gestantes, podendo até ocasionar complicações ao bebê pela demora da realização do trabalho de parto", pondera.

Caracaraí

A maioria das indicações é para o município de Caracaraí, mais especificamente para o Hospital Estadual Irmã Aquilina. A parlamentar solicitou para a unidade o reestabelecimento da entrega de insumos odontológicos (Indicação nº 307/2021), a troca dos pneus de duas ambulâncias (Indicação nº 308/2021) e a aquisição de uma mesa de coleta de exames e banquetas para o laboratório (Indicação nº 309/2021).

Ainda para o Hospital Irmã Aquilina, Catarina Guerra solicitou a disponibilização de enfermeiros (Indicação nº 310/2021) e o atendimento das especialidades médicas obstétrica e pediátrica (Indicação nº 311/2021), que seja realizada a estruturação do prédio para instalação do aparelho de autoclave (Indicação nº 312/2021) e o conserto da tubulação de oxigênio da unidade (Indicação nº 313/2021)

Ainda para Caracaraí, a parlamentar solicitou do chefe do Executivo a reforma do Ginásio Estadual Orlando Baranda Batista (Indicação nº 299/2021) e do prédio da Escola Estadual Vereador João Rogerio (Indicação nº 318/2021).

Normandia

A deputada Catarina Guerra também atendeu às demandas do município de Normandia com três indicações, duas delas direcionadas à Escola Estadual Indígena Índio Macuxi, localizado na comunidade Napoleão, na Terra Indígena Raposa Serra do Sol.

A parlamentar solicitou a reforma da quadra esportiva (Indicação nº 316), e da parte estrutural e elétrica da escola (Indicação nº 317/2021). Na terceira indicação, Catarina pediu a reativação e reforma do Clube de Mães da comunidade Napoleão (Indicação nº 321/2021).

DA REDAÇÃO